PL de Fábio Faria altera ECA para incluir classificação etária em vídeos da internet

O Deputado Federal Fábio Faria PSD RN) apresentou um Projeto de Lei para alterar o Estatuto da Criança e do Adolescente e incluir o aviso de classificação etária dos conteúdos audiovisuais disponibilizados na internet.

A ideia é que provedores assegurem o aviso sobre a faixa etária a qual se destinam os conteúdos, antes da sua exibição. Assim, caso o vídeo seja considerado inadequado para crianças, deverá conter um alerta.

“O objetivo da medida é assegurar aos pais e responsáveis um instrumento efetivo de defesa das crianças contra programações que atentem contra os valores éticos e sociais da pessoa e da família. Cenas de sexo e nudez, violência, drogas ou vocabulário inadequado para o público infantil vão determinar a classificação etária dos conteúdos”, explica o parlamentar potiguar.

Regulamentação necessária

O projeto também garante que qualquer pessoa física ou jurídica poderá encaminhar ao Poder Executivo, ao Ministério Público e ao Poder Judiciário, por meio de canal de atendimento na internet, representação ou denúncia fundamentada sobre conteúdo disponibilizado na internet em desacordo com a classificação etária.

Vale ressaltar que na TV aberta a legislação brasileira já prevê a chamada classificação indicativa dos programas. Entretanto, com o avanço da tecnologia, dos canais de TV por assinatura e das plataformas virtuais, esse novo segmento, ainda necessita de regulamentação.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Fechar Menu