Marca Maxmeio
PSD

Fábio Faria defende bloqueio de celulares em presídios e criação de comissão especial23.08.2016

Hoje pela manhã o bloqueio de celulares em todo o país foi discutido na comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, na Câmara Federal.


Ao debater o bloqueio de sinal de telefones celulares em presídios, o pessedista Fábio Faria (RN), defendeu a instalação de uma comissão especial para criar uma legislação nacional que obrigue implantar os equipamentos nas prisões. “É lá que funciona o escritório do crime. Eu tenho um projeto tramitando e existem outros aqui na Casa para obrigar os governos estaduais a instalarem esses bloqueios. O custo é muito mais barato se comparado ao reparo de um ônibus depredado”, disse.

O tema foi analisado durante audiência pública na Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado (CSPCCO), na Câmara dos Deputados. Fábio Faria informou que no seu estado, o governador pessedista, Robinson Faria, instalou bloqueadores de celulares nas penitenciárias. “Logo em seguida, começaram as depredações de equipamentos públicos e ameaças de morte, mas, decidimos seguir em frente com a decisão”.

De acordo com o parlamentar, nos próximos dois meses todos os presídios do Rio Grande do Norte vão ter bloqueadores de celular instalados. “Esse ano já foram apreendidos 2 mil aparelhos telefônicos dentro das prisões do estado. Nos próximos dias vamos enfrentar o PCC e instalar o equipamento em Alcaçuz, onde estão os presos dessa facção”.

O colegiado reuniu os representantes do setor: Marco Antônio Severo Silva, diretor geral do Departamento Penitenciário Nacional; Nilo Pasquali, gerente de regulamentação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel); e Eduardo Levy, presidente executivo do Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil).